𝐂𝐎𝐍𝐅𝐈𝐄 𝐌𝐀𝐈𝐒 𝐄𝐌 𝐒𝐈 𝐌𝐄𝐒𝐌𝐎!

Imagem
Muitas vezes temos a tendência a acreditar e confiar em muitas coisas e pessoas, quantas vezes não confiamos cegamente em nossos pais na infância, em amigos e até mesmo temos uma confiança exacerbada em Deus e de que Ele pode fazer todas as coisas, mas quase nenhuma confiança temos em nós mesmos. Creio que quando há excesso de confiança nos outros , acaba restando pouca ou quase nada de confiança em nós mesmos. Precisamos sim confiar nas pessoas , crer que elas podem e que estão ao nosso lado, entretanto, precisamos acreditar e confiar com todas as nossas forças que somos capazes e que iremos conseguir realizar aquilo que sonhamos e desejamos. Alcançar as coisas e realizar os sonhos tem como ponto principal e de suma importância confiar em si mesmo. Muitos confiam em carros, outros em cavalos (Sl. 20:7), pessoas sábias confiam em Deus e pessoas que alcançam o sucesso além de confiarem em Deus confiam também em si mesmas. Quanto mais o tempo passa e quanto mais vivo nessa terra, quant

𝐒𝐎𝐌𝐎𝐒 𝐑𝐄𝐈𝐒 𝐃𝐎 𝐍𝐎𝐒𝐒𝐎 𝐒𝐈𝐋Ê𝐍𝐂𝐈𝐎, 𝐌𝐀𝐒 𝐄𝐒𝐂𝐑𝐀𝐕𝐎𝐒 𝐃𝐄 𝐍𝐎𝐒𝐒𝐀𝐒 𝐏𝐀𝐋𝐀𝐕𝐑𝐀𝐒!

Falar é muito bom, conversar, dialogar com as pessoas, expor nossa opinião sobre algo, falar como nos sentimos ou como pensamos sobre determinadas coisas é maravilhoso, porém, nem sempre nos damos conta que às vezes podemos ganhar muito mais apenas nos calando e escutando as pessoas.


Quem nunca se deparou em uma fila de banco, supermercado ou dentro de um transporte público alguém simplesmente do nada começar a falar sobre a vida dela para você sobre coisas particulares e as vezes extremamente íntimas? Quem sabe, algumas vezes nós mesmos já tenhamos feito isso em algum determinado momento de nossas vidas?


Não que isso seja ruim, se abrir, falar, deixar o coração fluir é maravilhoso, mas apenas para pessoas de confiança, pessoas de nosso círculo íntimo e não para desconhecidos na rua. Porém, algumas vezes acabamos dando opiniões sobre algo das quais nem sempre deveríamos, seja em uma conversa informal, seja em redes sociais, muitos acabam entrando em discussões intermináveis que se tornam mais cansativas e desgastantes do que edificantes e construtivas.


Não que isso seja ruim, se abrir, falar, deixar o coração fluir é maravilhoso, mas apenas para pessoas de confiança, pessoas de nosso círculo íntimo e não para desconhecidos na rua.
Porém, algumas vezes acabamos dando opiniões sobre algo das quais nem sempre deveríamos, seja em uma conversa informal, seja em redes sociais, muitos acabam entrando em discussões intermináveis que se tornam mais cansativas e desgastantes do que edificantes e construtivas.


Uma das coisas que precisamos mesmo aprender é a ouvir, desenvolver a arte da “escutatória” e aprendermos um pouco menos sobre a arte da “oratória”... Precisamos aprender a ouvir as pessoas, ter empatia, amar e escutar as suas histórias, seus pensamentos, suas paixões, seus hobbies e sonhos, desenvolver o dom de escutar com amor e afeto as histórias das pessoas.


Quando criança sempre escutei um provérbio popular que dizia “quem fala demais dá bom dia a cavalo”, ou seja, quem conversa demais acaba falando além do que deveria e conversando com pessoas que nem sempre valeria a pena, perdendo tempo com situações irrelevantes. Somos reis do nosso silêncio, mas escravos de nossas palavras.


Quando criança sempre escutei um provérbio popular que dizia “quem fala demais dá bom dia a cavalo”, ou seja, quem conversa demais acaba falando além do que deveria e conversando com pessoas que nem sempre valeria a pena, perdendo tempo com situações irrelevantes. Somos reis do nosso silêncio, mas escravos de nossas palavras.


Gastamos em torno de dois a três anos para aprendermos a falar, mas levamos mais de sessenta anos para aprendermos a ouvir, felizes são aqueles que desenvolvem essa capacidade de ouvir e escutar os outros ainda jovens, estes crescerão e florescerão como árvores lindas, frutíferas e frondosas.


Há um provérbio que diz que até um tolo se passa por sábio se ficar em silêncio (Pv. 17:28). Também tem um outro que nos diz que a sabedoria faz mais por uma pessoa do que dez prefeitos juntos são capazes de fazer por uma cidade (Ec. 7:19). O livro de Tiago nos diz que devemos ser prontos para ouvir, mas tardios para falarmos (Tg. 1:19), ou seja, primeiro é bom ouvirmos bem, compreendermos bem o que as pessoas estão dizendo, para só depois expressarmos nossa opinião sobre algo ou alguém. Sei que não é fácil nada disso, mas alcança grande alegria e evita muitos problemas quem assim procede.


Não quero com isso que você passe a falar menos, a conversar menos ou a interagir menos, de modo algum, desejo que você faça isso cada vez mais, só que desejo também que você escute ainda mais, ouça ainda mais, preste ainda mais atenção aos outros e passe muito mais tempo ouvindo, escutando, observando, analisando do que simplesmente falando, conversando e opinando.


Não quero com isso que você passe a falar menos, a conversar menos ou a interagir menos, de modo algum, desejo que você faça isso cada vez mais, só que desejo também que você escute ainda mais, ouça ainda mais, preste ainda mais atenção aos outros e passe muito mais tempo ouvindo, escutando, observando, analisando do que simplesmente falando, conversando e opinando. 


O livro de Tiago também nos diz que a língua é como um verdadeiro fogo capaz de incendiar toda uma floresta, assim como um navio gigantesco é controlado apenas por um pequeno leme, a língua é capaz de trazer vida e morte, benção e maldição, este pequeno órgão pode ser responsável por trazer paz ou espada, sorriso ou choro, alegria ou dor, tudo isso dependendo exclusivamente se nós iremos conseguir controlá-la ou não (Tg. 3:1-12).


O livro de Tiago também nos diz que a língua é como um verdadeiro fogo capaz de incendiar toda uma floresta, assim como um navio gigantesco é controlado apenas por um pequeno leme, a língua é capaz de trazer vida e morte, benção e maldição, este pequeno órgão pode ser responsável por trazer paz ou espada, sorriso ou choro, alegria ou dor, tudo isso dependendo exclusivamente se nós iremos conseguir controlá-la ou não (Tg. 3:1-12).


Sim, eu creio profundamente que escutar é um dom, um lindo dom que pode ser desenvolvido, aprimorado, aperfeiçoado todos os dias de nossas vidas, quando aprendemos a importância do silêncio e de dar espaço para ouvir o outro, começamos a perceber que Jesus era um grande mestre em ouvir as pessoas e adentrar com amor no mais profundo de seus corações. Seja você também uma pessoa que ama como Jesus te ama, ouvindo com amor todos quantos Ele trazer e atrair até você.


Com amor, @MoisesSchifino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

𝐂𝐎𝐌𝐎 𝐋𝐈𝐃𝐀𝐑 𝐂𝐎𝐌 𝐀 𝐌𝐎𝐑𝐓𝐄 𝐄 𝐎 𝐋𝐔𝐓𝐎!

𝐍Ã𝐎 𝐃𝐄𝐒𝐈𝐒𝐓𝐀 𝐃𝐎𝐒 𝐒𝐄𝐔𝐒 𝐒𝐎𝐍𝐇𝐎𝐒!

𝐂𝐎𝐌𝐎 𝐒𝐔𝐏𝐄𝐑𝐀𝐑 𝐎 𝐒𝐄𝐍𝐓𝐈𝐌𝐄𝐍𝐓𝐎 𝐃𝐄 𝐑𝐄𝐉𝐄𝐈ÇÃ𝐎?

𝐂𝐨𝐦𝐨 𝐝𝐨𝐦𝐢𝐧𝐚𝐫-𝐬𝐞 𝐞 𝐯𝐞𝐧𝐜𝐞𝐫 𝐚 𝐬𝐢 𝐩𝐫ó𝐩𝐫𝐢𝐨!

𝐃𝐎 𝐐𝐔𝐄 𝐕𝐎𝐂Ê 𝐓E𝐌 𝐌𝐄𝐃𝐎?

𝐎 𝐪𝐮𝐞 é 𝐮𝐦 𝐯𝐞𝐫𝐝𝐚𝐝𝐞𝐢𝐫𝐨 𝐚𝐦𝐢𝐠𝐨!

𝐍Ã𝐎 𝐂𝐀𝐈𝐀 𝐄𝐌 𝐆𝐎𝐋𝐏𝐄𝐒!